Título

Nebulosa da Tarântula (30 dor)

Editor

Miguel Neta

Partilhar

Descrição

A Nebulosa da Tarântula (também conhecida como 30 Doradus ou NGC 2070) é uma região HII (região de hidrogénio ionizado) localizada na constelação de Dorado, na Grande Nuvem de Magalhães (hemisfério sul). Esta nebulosa deve seu nome à disposição de seus mais brilhantes setores que se assemelham as pernas de uma aranha, a tarântula aranha da província de Taranto, na Itália. O Hidrogénio revela-se na emissão das cores vermelho e rosa, enquanto o oxigénio diz respeito às emissões da cor verde. Gás vermelho e rosa indica que é uma nebulosa de emissão massiva. A área mais brilhante de estrelas à esquerda do centro é chamada R136a e contém muitas estrelas massivas, essas estrelas são mais quentes e mais brilhantes conhecidas. É a maior nebulosa de emissão conhecida com cerca de 1000 anos-luz de diâmetro, e é uma gigantesca fábrica de estrelas na nossa galáxia vizinha. Encontra-se a uma distância aproximada de 160 mil anos-luz da Terra. Este registo foi efetuado remotamente, com um telescópio de 2m de abertura do Faulkes Telescope Project (LCO) no Observatório de Siding Spring (Austrália) sendo a imagem apresentada obtida pela sobreposição dos registos obtidos usando os filtros R,V,B e HA com exposição de 150s em cada. Registos realizados no dia 2 de fev de 2017.

Classificação

Localização

Data de Publicação

29 de Janeiro de 2018

Data de Realização

2017-02-02

Nº de visualizações

142

Resolução

2045px X 2013px

Formato

.jpeg

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas