Título

Movimento de um satélite geoestacionário

Partilhar

Nº downloads 769

Detalhes

Descrição

Apresentação e respectivo guião, que explica as características, aplicações e movimento dos satélites geoestacionários, usando imagens e exemplos. Possui conteúdos a leccionar na unidade 1, da Física de 11º ano: " Movimentos na Terra e no Espaço". sendo o objecto de ensino"Da Terra à Lua".

Objetivo de Aprendizagem

Categoria

Física - 11º Ano

Unidade

Unidade 1 -  Movimentos na Terra e no Espaço

Tema

Satélites Geoestacionários

Tipo de recurso

Apresentação de Diapositivos

Interatividade

Baixa

Informação adicional

Palavras-chave

Satélites Geoestacionários, movimento circular uniforme, guião, apresentação

Nome do ficheiro

Mov_satélite_geostacionario.zip

Tamanho do ficheiro

1.57 MB

Comentários

Guilherme Monteiro Webmaster

Comentário via Facebook de Maria Campos: Gostava de saber qual é o satélite de órbita polar que "passa duas vezes pelo equador durante um dia", conforme é referido no diapositivo 7. O SMOS, em órbita polar a cerca de 758 km de altitude, orbita a Terra mais do que 14 vezes por dia (passa mais do que 28 vezes por dia pelo equador!

13-11-2013

Guilherme Monteiro Webmaster

Comentário via Facebook de Rui Costa: Pareceu-me ler ali uma pequena incorreção. É ali dito que "Os satélites geoestacionários são satélites que se encontram parados relativamente a um ponto sobre a Terra, geralmente sobre a linha do equador.". Geralmente? Essa palavra está a mais. Todos os satélites geoestacionários estão na chamada órbita de Clark e estão no prolongamento do equador. Como o plano da sua órbita tem que passar pelo centro de massa do sistema (como a massa do satélite é desprezável, pode-se considerar apenas o centro da Terra como centro de massa), se o satélite não estivesse precisamente sobre o equador iria descrever uma sinusóide com uma amplitude igual ao desvio angular em relação ao equador.

13-11-2013

Maria Margarida C. A. Fernandes Amaral

Muito bom.

10-11-2012

Recursos relacionados