Título

Serras de Portugal

Partilhar

Nº downloads 1013

Ver Online

Detalhes

Descrição

Aplicação em HTML que permite identificar no mapa a localização das principais serras de Portugal. São também apresentadas imagens de cada uma delas, os tipos de rochas característicos e as espécies de fauna e flora que é possível observar.

Objetivo de Aprendizagem

Categoria

Introdução às Ciências - 1º Ciclo

Unidade

Bloco 3 - À descoberta do ambiente natural

Tema

Aspetos Físicos de Portugal

Tipo de recurso

HTML5

Interatividade

Ativo

Informação adicional

Palavras-chave

Serras, geografia, ambiente, estudo do meio

Nome do ficheiro

serrasPortugal.zip

Tamanho do ficheiro

4.74 MB

Comentários

fernandosousa

Interessante

01-10-2013

Fernanda Albuquerque

O recurso em questão está bonito do ponto de vista gráfico, mas apresenta muitos erros. Deveria ter sido submetido a uma análise mais rigorosa do ponto de vista científico antes de estar disponível online. Por exemplo: - Na Serra de Monchique a rocha dominante não é, de todo, o granito mas o sienito nefelínico (os granitos nem sequer lá existem, pois havendo nefelina não pode haver quartzo); - No slide da Serra de Montejunto é referido que lá existem fósseis pré-históricos (o que são fósseis pré-históricos?!?); Seria preferível dizer calcário em vez de rocha calcária e seria melhor usar outra foto, de um calcário típico(o mesmo sucede no slide da Serra da Arrábida); - Relativamente à S. de Montesinho é dito "Nesta serra encontra-se o Parque Nacional de Montesinho", o que está incorreto dado que é a Serra que se insere / se encontra no Parque e não o contrário; Ainda neste slide é dito "As rochas que predominam nos solos...", o que gera confusão, por outras palavras, não se deveria usar a expressão "solos" (a referida expressão também ocorre no slide sobre a Serra da Estrela); - As minas da Serra do Marão dedicavam-se à exploração de volframite e não de volfrâmio (a volframite é o mineral de onde se extrai o elemento químico volfrâmio); - O quartzito não predomina na Serra da Estrela; Relativamente à presença do lobo ibérico, é preciso confirmar, talvez junto do Grupo Lobo, se ele tem sido visto nesta Serra nos últimos anos. - No slide da Serra de Sintra está escrito "A rocha predominantes é" (erro de concordância); É também dito que "esta Serra resulta do prolongamento da cordilheira da Serra da Estrela...", o que sugere tratar-se de uma continuidade, quando estas duas serras nada têm a ver uma com a outra, nem em termos de litologia nem em termos de idade; - É referido que os solos na região da Serra do Caldeirão são secos por causa dos xistos; ora, as regiões calcárias são também muito áridas, pela quase inexistência de água à superfície; - Por último, apenas é referida a aplicação dos xistos na construção de casas. Então e a dos granitos?

21-09-2013

Recursos relacionados