Título

Partículas Fundamentais: O Bosão de Higgs

Autor

Cassiopeia

Partilhar

Nº downloads 408

Ver Online

Detalhes

Descrição

Este vídeo descreve o que são os campos-força, tanto no sentido clássico como quântico, e a argumentação por trás da teorização do bosão de Higgs. O bosão (ou bosões) de Higgs é uma das partículas fundamentais que integra o Modelo Padrão da Física de Partículas, sendo responsável pela massa das outras partículas. Embora a sua deteção ainda não tenha sido confirmada sem sombra de dúvida, é de salientar que a produção deste vídeo é anterior aos últimos resultados das experiências feitas no Large Hadron Collider (LHC).

Objetivo de Aprendizagem

Recomendação

Para visualizar este recurso, poderá necessitar de ter instalado o VLC Media Player, cujo download poderá fazer através da nossa página de utilidades.

Categoria

Física - 12º Ano

Unidade

Unidade III - Física Moderna

Tema

Introdução à Física Quântica - Aprofundamento

Tipo de recurso

Vídeo

Interatividade

Baixa

Informação adicional

Palavras-chave

Física Quântica

Agradecimentos

Este vídeo faz parte do Cassiopeia Project, a cuja equipa agradecemos a autorização para a publicação, com a respetiva tradução e legendagem, na Casa das Ciências.

Nome do ficheiro

12-12_Higgs-pt.wmv

Tamanho do ficheiro

93.43 MB

Comentários

Guilherme Monteiro Webmaster

Comentário via Youtube de Gabriel-san: Excelente vídeo, uma explicação mais básica do que é o bosão de Higgs.

21-06-2017

Maria Fernanda Franco

A descrição diz tudo: aprofundamento (para alunos mais interessados neste tema). Especialmente pertinente em ano de atribuição do Nobel a Englert e a Higgs.

21-11-2013

Lília Maria Braz

Gostei, foi muito interessante. Mostrei aos meus alunos de 10.º e 11.º ano, que também acharam interessante. Como era um assunto que necessitava de conhecimentos mais aprofundados de física quântica, os alunos sentiram alguma dificuldade na compreensão.

15-10-2013

Guilherme Monteiro Webmaster

Comentário via Youtube de mrrn100: Excelente, muito Obrigado. Poderei usar em Palestras, workshops de Ciência e em aulas complementares e outras iniciativas públicas com a Ciência Viva.

17-07-2013

Guilherme Monteiro Webmaster

Comentário via Youtube de Paula Marques:
muito bom

17-07-2013

Recursos relacionados