Título

Cristais de NaCl - Halite

Partilhar

Descrição

Os cristais têm uma estrutura molecular, na qual todos os átomos (ou iões) estão posicionados no espaço obedecendo a um padrão regular. Os cristais de halite apresentam-se sob a forma de cubos em que cada ião de sódio (Na+) está ligado a seis iões de cloro (Cl-) e cada ião de cloro está ligado a seis iões de sódio. A halite (NaCl) ocorre na natureza sob a forma de sal-gema e sal fóssil. Geralmente, a halite é incolor ou branca, mas também pode ser azul-clara, azul-escura, roxa, rosa, vermelha, laranja, amarela e cinza. Esta diversidade de cores deve-se, entre outros fatores, à inclusão de impurezas nos cristais de halite. A halite origina-se por precipitação do NaCl dissolvido em solução aquosa - lagos e mares interiores – que, com o tempo, evapora, dando origem a depósitos de minerais. Os seres humanos adicionam sal aos alimentos para intensificar o seu sabor e para os conservar. Na indústria química, o NaCl é fonte de Cl para a síntese de ácido clorídrico e de sódio para a produção de fertilizantes.

As margens do cristal têm maior contacto com a solução saturada de sal, pelo que crescem a um ritmo mais rápido do que as faces. Este crescimento com recorte piramidal quadrado, em cada face, é a razão pela qual vemos os limites dessa pirâmide invertida sob a forma de “X”.

Classificação

Localização

Escola Básica e Secundária da Cidadela, Cascais

Data de Publicação

10 de Dezembro de 2020

Data de Realização

2020-12-02

Nº de visualizações

3896

Resolução

5184px X 3456px

Formato

.JPG

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas