Título

Nebulosa do Caranguejo

Partilhar

Descrição

A Nebulosa do Caranguejo (também catalogado como Messier 1, NGC 1952) é o resultado da explosão de uma estrela massiva (remanescente de supernova) registada por astrónomos chineses e árabes em 1054 (SN 1054). Resultou assim numa nebulosa e no seu interior um pulsar (Pulsar do Caranguejo), uma estrela de neutrões com cerca de 30 quilómetros de diâmetro, que emite pulsos periódicos de radiação com uma frequência de 30,2 vezes, que abrange quase todo o espectro eletromagnético. Esta nebulosa situa-se na constelação de Touro e dista a cerca de 6 500 anos-luz da Terra apresentando um diâmetro de 11 anos-luz. Esta imagem foi registada remotamente com recurso ao telescópio de 2 metros de abertura do Faulkes Telescope Project, situado em Haleakala (Hawai).

Classificação

Localização

Remotamente usando o observatório de Haleakala (Hawai)

Data de Publicação

17 de Abril de 2017

Data de Realização

2016-10-09

Nº de visualizações

363

Resolução

1000px X 1000px

Formato

.jpeg

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas