Título

Plantago coronopus L.

Partilhar

Descrição

Planta herbácea com folhas em rosetas basais, lineares a espatuladas, 1 a 2-penatifendidas ou penatipartidas, raramente apenas dentadas ou inteiras, desprovidas de pêlos ou pilosas em ambas as faces e possuem lóbulos inteiros ou recortados e um tanto afastados. Inflorescência, espiga densa, delgada, mais ou menos cilíndrica e pedunculada. Brácteas ovadas, agudas. Flores hermafroditas, com pétalas ovadas a ovado-lanceoladas. O fruto é um pixídio com 3 lóculos, contendo 3 a 6 sementes.

Família: PLANTAGINACEAE

Nome Vernáculo: Corno-de-veado, Diabelha, Diabelha-dos-Açores, Diabinhos, Engorda-ratos, Erva-das-pulgas, Erva-pulgueira, Estrela-mar, Galapito, Guiabelha, Megabelha, Orelha-de-lebre-do-reino, Psílio, Tanchagem-corno-de-ganso, Tanchagem-corno-de-veado, Zaragatoa.

Ecologia: Planta anual, bienal ou vivaz, ruderal, de ecologia muito variável. Pode ser observada em locais sujeitos a pisoteio e perturbados, em caminhos, pastagens, arribas marítimas, campos agrícolas, etc.

Floração: Praticamente todo o ano.

Estatuto: Nativa da Europa, norte de África e Ásia. No entanto, já foi introduzida em diversas zonas da América, África e Austrália.

Observações: As folhas jovens desta planta podem ser consumidas cruas ou cozinhadas e utilizadas como especiaria. As folhas podem ainda ser utilizadas para fazer refrigerante. Esta espécie é também utilizada em forragem.

Classificação

Plantago coronopus

Localização

Polo 3 da UPorto

Data de Publicação

22 de Março de 2019

Nº de visualizações

166

Resolução

1948px X 1299px

Formato

.jpeg

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas