Título

Dactylis glomerata L.

Partilhar

Descrição

Erva cespitosa. Colmos até 150 cm, eretos ou, mais raramente, prostrados. Folhas ásperas ao tato, lineares ou com a margem involuta. Lígula de 2 a 10 mm, aguda ou lacerada. Inflorescência mais ou menos unilateral, direita, ovoide a oblonga, com os ramos superiores densos e os inferiores, sobretudo na base, mais afastados formando uma panícula de espiguetas acentuadamente comprimidas, quase sésseis, com 2 a 5 flores hermafroditas. Glumas mais ou menos iguais, lanceoladas a ovadas, finamente acuminadas. Lema acuminada, com 5 nervuras. Fruto, uma cariopse oblonga e sem pêlos.

Família: POACEAE (GRAMINEAE)

Nome Vernáculo: Dactila, Dáctilo, Dáctilo-comum, Dáctilo-dos-lameiros, Erva-dos-combros, Panasco, Panasco-de-folhas-estreitas, Panasco-das-areias, Pé-de-galo.

Ecologia: Planta vivaz, facilmente observável em bermas de estrada, taludes, lameiros, clareiras de matos, etc. Apresenta preferência por locais secos e ensombrados.

Floração: Março a Junho.

Estatuto: Nativa, com distribuição no oeste da Península Ibérica, atualmente classificada como cosmopolita.

Observações: Planta muito utilizada no controlo da erosão ou estabilização de dunas, conservação do solo e trabalhos de re-vegetação. Pode ser usada ainda para a produção de biomassa, forragem, alimentação animal, etc. A planta é também utilizada como remédio para tratamento de tumores, doenças renais e de bexiga.

Classificação

Dactylis glomerata

Localização

Polo 3 da UPorto

Data de Publicação

22 de Março de 2019

Nº de visualizações

205

Resolução

1299px X 866px

Formato

.jpeg

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas