Título

Lolium perenne L.

Partilhar

Descrição

Planta cuja parte aérea morre anualmente. Caules cilíndricos com nós bem marcados. Folhas planas ou dobradas ao meio pela nervura mediana, de modo a que as metades do limbo ficam justapostas ou quase. Aurículas pouco aparentes ou nulas. Espigas lineares, espiguetas com 5 a 10 flores férteis. Glumas lanceoladas a linear-oblongas, com cerca de um terço do comprimento da espigueta. A lema é lanceolada e mútica. O fruto é uma cariopse.

Família: POACEAE (GRAMINEAE)

Nome Vernáculo: Azevém, Azevém-perene, Azevém-vivaz, Gazão, Raigrás, Reigrasse-dos-Ingleses, Reigresse.

Ecologia: Planta bianual a perene com ecologia muito variável. Desde sítios muito húmidos como lameiros, leitos de cheias e margens de cursos de água, a sítios muito secos, terrenos incultos e margens de caminhos.

Floração: Março a Agosto.

Estatuto: Nativa da Europa, Ásia e norte de África, atualmente com larga distribuição mundial.

Observações: As sementes desta planta, ainda que muito pequenas, podem ser usadas, cozinhadas, como se de aveia se tratasse. Planta utilizada para forragem e por vezes como ornamental. Por vezes é usada para controlar a erosão do solo, recuperação e conservação do solo e estabilização de dunas. Esta espécie é a mais utilizada em relvados, caraterizando-se pela sua velocidade de crescimento e excelente resistência ao pisoteio.

Classificação

Lolium perenne

Localização

Polo 3 da UPorto

Data de Publicação

22 de Março de 2019

Nº de visualizações

350

Resolução

1299px X 866px

Formato

.jpeg

Tipo De Imagem

Fotografias

Licença de utilização Creative Commons CC BY-NC-SA 4.0

Imagens Relacionadas